Archive | Assuntos

RSS feed for this section

A melhor viagem que existe: conhecer a si mesmo

18 out


Estou voando para Londres, fechando o palco dos EUA do viagem ao redor do mundo. Um viajar que eu realizei em janeiro. Já se passaram 10 meses, eu viajei, trabalhei e morei na Austrália, Japão, África, Europa e Estados Unidos. Além de algumas viagens de relâmpago para lugares com o México ou Ibiza. Já fiz e vivi em menos de um ano a mais do que nos últimos três anos, e não me caracterizo por viver de forma contida … Cheguei nos Estados Unidos em agosto, faz pouco mais de dois meses. Eu cumpri o propósito de morar em Santa Monica – Venice Beach, algo que prometi a mim mesmo em 2013. Meu instinto é que retornarei. De volta ao avião; Eu estava pensando sobre o que escrever hoje. Então parei de pensar e decidi ser guiado pelos sentidos, a primeira coisa que me veio à mente foi: nada como conhecer a si mesmo Isranada.

É incrível como quando você está conectado ao seu interior, você pode encontrar retiro em qualquer lugar. Você não precisa estar em uma montanha, em um retiro de meditação ou numa praia de alguma ilha paradisíaca. Muitas vezes eu encontro esse retiro em minha casa, seja em Valência, como em Santa Monica ou em alguma outra cidade.

Procure melhor, pesquise dentro

Se há algo que esta viagem me ensinou, é que temos tudo de que precisamos. Está dentro de nós, mas, paradoxalmente, saímos em busca de perguntas, respostas, conhecimentos, conselhos ou retiradas do lado de fora. Eu experimentei e me aprofundei o suficiente para saber que tudo o que precisamos fazer é nos conhecermos. Como bem disse Sócrates alguns séculos atrás.

Eu sei que há muita hipérbole em torno do crescimento e desenvolvimento pessoal, da consciência, do presente e da autoajuda. Especialmente de pessoas que fazem fortunas com isso. No final, transformamos isso em um negócio, lamentável. Desde que deveria ser um modo de vida que todos praticamos desde uma idade muito pequena. Eu não sou um treinador, nem sou um guru de nada, só posso falar sobre o que tentei e coloquei em prática, o que não tem sido muito pequeno, e os resultados obtidos. Eu sou uma pessoa obcecada em melhorar, a única coisa que faço é compartilhar o que aprendi com todos vocês. Sem dúvida a viagem está me ajudando no meu propósito.

Procuramos pessoas, mudamos, lideramos, criamos comunidades, montamos negócios, causamos impacto lá fora, vamos lá. No entanto, ficamos frustrados quando falhamos, o que acontece na maioria das vezes. A razão é que não começamos por nós mesmos primeiro. Seja o que for, tenho certeza que é sobre mudar, melhorar, impulsionar, auditar, sentir, liderar e dominar você antes de qualquer outra coisa.

Truque: conhecer a si mesmo

O ponto que tento argumentar aqui é que, não trabalhar com você primeiro não é mais uma opção. Há muita perplexidade, muita frustração, muita insegurança, muito medo, ansiedade. Conhecer a si mesmo não eliminará tudo isso como que por mágica, mas ajudará você a lidar com isso.

O fato de você já estar lendo essas palavras significa que não estou lhe contando nada que você já não saiba. Mas isso não significa que não vale a pena deixar todo mundo saber.

A viagem continua. As seguintes paradas: Granada, Barcelona, ​​Valência, Madri, Amsterdã, Bogotá e Medellín …

Conheça a si mesmo, a única viagem que realmente importa.

IG – Capacitar pessoas, negócios e comunidades. – isragarcia.es // isragarcia.com

A entrada A melhor viagem que existe: conhecer a si mesmo aparece em primeiro lugar em Isra García – blog sobre marketing, transformação digital, produtividade, inovação, estilo de vida, excelência, autenticidade, economia disruptiva, mudança, ruptura pessoal e profissional, incerteza, liderança e comunicação além da mídia social, mídia humana ..

Posts que devem ser lidos também:

https://proverasfestas.com.br/social-gaming-o-futuro-das-midias-sociais/

Melhores planos de pensões e planos para uma vida de aposentadoria melhor

https://weeventos.com.br/as-linguagens-de-programacao-mais-populares-em-2015/

O Mágico Mundo da Disney

https://clipstudio.com.br/como-salvar-de-15-horas-por-semana-em-minha-vida-pessoal/

https://teleingressos.com.br/eletronica-remodelada-economize-dinheiro-agora-mas-eles-sao-realmente-uma-boa-compra/

https://testmygeekstuff.com/no-futuro-os-navegadores-avisarao-com-mais-clareza-sobre-sites-sem-criptografia-ssl/

https://coniferinc.com/the-marketing-mix-a-perspectiva-do-webmaster-do-site-de-jogos/

As 10 principais habilidades que serão mais solicitadas pelas empresas em 2020

Quais aspectos devemos cuidar em nosso carro?

17 out


Aqueles de nós que têm um carro, velho ou novo, sabem bem quanto custa mantê-lo em boas condições. E também sabemos que, além dos aspectos puramente técnicos que têm a ver com seu funcionamento adequado (troca de óleo, filtros, velas de ignição, verificação da condição dos pneus … essas coisas que sempre tendem a ser tão irritantes quanto necessárias, porque você sabe), há outros detalhes dentro do carro que também temos que levar em conta se quisermos que nosso carro fique ótimo.

E, acima de tudo, sabemos que há aspectos em que temos que ter um cuidado especial, se queremos estar seguros e garantir, por sua vez, que o nosso veículo dará o melhor de si e durará o maior tempo possível.

Estes são alguns exemplos de produtos que você também pode encontrar no mercado.

Protetor de inicialização

É possível que o porta-malas seja uma das partes do carro a que menos prestamos atenção? Passamos nossos dias preenchendo-o com o que quisermos, sem levar em conta que podemos prejudicá-lo de alguma forma, porque não o temos suficientemente protegido. Da mesma forma, às vezes são nossos objetos que não são suficientemente protegidos se eles viajam no tronco e também não estamos cientes disso.

Na rede existem diferentes modelos de protetores de tronco para você escolher o que mais se adapta às suas necessidades: lona antiderrapante, borracha ou super resistente. Três opções por medida, resistentes à água e muito fáceis de limpar, para que a sua maior preocupação seja a forma como vai jogar o Tetris no seu porta-malas, de modo a poder encaixar tudo o que deseja colocar, só isso!

Tapetes de carro

Borracha ou veludo tradicional, os melhores tapetes de qualidade são feitos pensando em suas necessidades e sabendo que o mais importante é que você se sinta confortável ao volante e acima de tudo, seguro. São fáceis de limpar, adaptáveis ​​a todos os tipos de modelos e também aos diferentes fenómenos meteorológicos com os quais se pode encontrar no seu dia a dia.

Vários acessórios

Purificadores de ar, aspiradores de pó para assentos, panos e líquidos de limpeza … Que o interior do seu carro é tão atraente quanto o seu design é uma obrigação para prolongar a sua vida útil. E, por sua vez, impedir que seja um coletivo de bactérias que se movem alegremente entre a sujeira. É por isso que em seu site a equipe MTM Shop coloca à sua disposição as ferramentas que tornarão seu carro um lugar muito mais seguro e limpo. Pronto para montar seus veículos? Dê uma olhada em seu catálogo e você encontrará tudo o que precisa!

Javier Gázquez
Javier Gázquez Em apenas 5 anos, ele conseguiu colaborações com empresas globais como Textbroker, Dropshipping grupos de prestígio como Dropalia.es e até mesmo começar sua própria agência, onde eles se especializam em adaptar as empresas convencionais para a rede através de estratégias de negócios em hellomarketing.es.

//

A entrada Que aspectos devemos cuidar no nosso carro? Foi publicado pela primeira vez no Bloguismo.

Posts Relacionados:

https://proverasfestas.com.br/lua-de-mel/

55 formas de economizar dinheiro na Índia – simples, mas eficazes

https://weeventos.com.br/1-e-0-para-true-e-false-convertem-para-js-2/

Ganhar dinheiro a partir de casa pela Internet se você deseja deixar o seu trabalho um dia

https://clipstudio.com.br/como-criar-um-afiliado-de-marketing-de-lancamento-da-campanha-lista-de-verificacao/

https://teleingressos.com.br/isso-e-o-que-a-vida-poderia-ser-como-se-o-ciclo-de-pagamento-de-duas-semanas-desaparecesse/

https://testmygeekstuff.com/free-stock-photos-de-pexels-pixabay-por-que-eu-nao-uso-estes/

https://coniferinc.com/este-indicador-nos-avisou-antes-de-cada-mercado-de-urso/

Como lidar com as despesas em sua casa sem problemas?

Como personalizar a página "Minha conta" do WooCommerce

16 out


Após o carrinho e a última página de compra, se houver uma página importante em um e-commerce, é a página da conta do cliente.

Nesta página você pode revise os pedidos, modifique seus dados, adicione métodos de pagamento e tudo o que você deseja adicionar.

Adicionar? Sim eu disse adicione, personalize, o que quer que você quer, porque vamos aprender a personalizar a página "Minha conta"Do WooCommerce.

A página "Minha conta"

Por padrão, o WooCommerce cria a página "Minha conta"Automaticamente durante o assistente de instalação, mas se por algum motivo não foi criado, você pode fazê-lo sozinho.

Você só tem que adicionar o seguinte shortcode para a página que você deseja:

[woocommerce_my_account]

Mais tarde indicar o que está nas configurações do WooCommerce, em WooCommerce> Ajustes> Avançado.

E, por padrão, terá mais ou menos esse aspecto, com os principais elementos do gerenciamento de contas de usuários.

Daqui é quando nós colocamos mãos para trabalhar e vamos começar a personalizar a página "Minha conta"Por WooCommerce.

Como personalizar a ordem do menu

Uma primeira personalização que podemos pensar é alterar a ordem dos itens de menu na conta.

Para isso, vamos adicionar o seguinte código ao arquivo funções.php ou para o seu plugin de personalização:

/ **
  * Modificações da minha conta
  * /

 function my_account_menu_order () 
 $ menuOrder = array (
 'dashboard' => __ ('Dashboard', 'woocommerce'),
 'orders' => __ ('Orders', 'woocommerce'),
 'downloads' => __ ('Download', 'woocommerce'),
 'edit-address' => __ ('Endereços', 'woocommerce'),
 'edit-account' => __ ('Detalhes da conta', 'woocommerce'),
 'customer-logout' => __ ('Logout', 'woocommerce'),
 );
 return $ menuOrder;
 
 add_filter ('woocommerce_account_menu_items', 'minha_conta_menu_ordem');

Este código tem a ordem padrão dos menus, então você só tem que mudar a ordem nele no array $ menuOrder, por exemplo, assim:

/ **
* Modificações da minha conta
* /
function my_account_menu_order () 
 $ menuOrder = array (
 'orders' => __ ('Orders', 'woocommerce'),
 'downloads' => __ ('Download', 'woocommerce'),
 'edit-address' => __ ('Endereços', 'woocommerce'),
 'edit-account' => __ ('Detalhes da conta', 'woocommerce'),
 'customer-logout' => __ ('Logout', 'woocommerce'),
'dashboard' => __ ('Dashboard', 'woocommerce'),
 );
 return $ menuOrder;
 
 add_filter ('woocommerce_account_menu_items', 'minha_conta_menu_ordem');

E você terá uma mudança assim:


Como personalizar nomes e ícones de menu

Se formos criativos, podemos mudar nomes e ícones no menu. É muito fácil.

Alterar nomes É tão simples quanto começar com o código da personalização anterior e colocar outros nomes, por exemplo:

/ **
* Modificações da minha conta
* /
function my_account_menu_order () 
 $ menuOrder = array (
 'orders' => __ ('Your orders', 'woocommerce'),
 'downloads' => __ ('Seus downloads', 'woocommerce'),
 'edit-address' => __ ('Endereços', 'woocommerce'),
 'edit-account' => __ ('Meus dados', 'woocommerce'),
 'customer-logout' => __ ('Sair', 'woocommerce'),
'dashboard' => __ ('Start', 'woocommerce'),
 );
 return $ menuOrder;
 
 add_filter ('woocommerce_account_menu_items', 'minha_conta_menu_ordem');

E nós vamos ter isso:

Para mudar os ícones, temos que mergulhe no nosso amado CSS.

A primeira coisa é detectar o ícone atual quem está usando o tema Basta clicar com o botão direito do mouse no item para exibir em sua página e clicar no item de menu pop-up do navegador. "Inspecionar"(No caso do navegador Cromo).

Na janela do console, você verá que, nos estilos, no caso do tema StoreFront, use esta classe:

.woocommerce-MyAccount-navegação ul li.woocommerce-MyAccount-navigation-link - encomendas a: antes 
conteúdo: ' f291';

Assim que você sabe o que modificar. Você só precisa abrir o Personalizador do WordPress e na seção de CSS adicional adicione o seguinte:

.woocommerce-MyAccount-navegação ul li.woocommerce-MyAccount-navigation-link - encomendas a: antes 
conteúdo: ' f07a';

Visto visualmente seria assim:

E nós teremos mudou o ícone do cesto para outro de um carrinho.

Como o tema StoreFront usa ícones de Fonte Incrível Você vai ver que eu só mudei o código padrão (f291) por um diferente (f07a). Para conhecer o código de outros ícones, você pode consultá-los aqui.

Como ocultar um item de menu

Se você quiser ocultar algum item de menu, basta adicionar um código como este às suas funções personalizadas:

add_filter ('woocommerce_account_menu_items', 'ayudawp_ocultar_direccion', 999);
 
function ayudawp_ocultar_direccion ($ items) 
unset (itens $['edit-address']);
devolver $ itens;

Nesse caso, estamos removendo a guia de endereço, mas podemos fazer isso com qualquer outra variável.

Como adicionar uma nova aba ao menu

Estamos começando a mexer? Porque até agora nós fizemos apenas pequenas mudanças, sim, eles fornecem, mas onde nós realmente vamos aproveite todo o potencial de usar funções está adicionando novos elementos.

Para adicionar um novo elemento ao menu, primeiro temos que criar uma nova variável, um 'endpoint'

Esta variável WooCommerce irá atuar como o lesma do URL abaixo /minha conta/.

Neste exemplo, vou adicionar uma nova seção chamada "Presentes" Para isso, a primeira coisa é criar a nova variável, como sempre em nossa funções.php ou plugin de customizações:

/ **
  * Novas variáveis ​​para a página da minha conta.
  * /

 add_action ('init', 'my_account_new_endpoints');

 function my_account_new_endpoints () 
 add_rewrite_endpoint ('presentes', EP_ROOT 

Salve as alterações e vá para Área de trabalho do WordPress> Configurações> Links permanentes. Lá, sem modificar nenhum ajuste, salve as alterações para que a nova variável seja registrada, caso contrário não funcionará.

Feito isso, podemos adicionar o seguinte código para obter o peça-modelo necessário para o conteúdo da nova seção:

/ **
  * Recuperando o conteúdo da nova variável
  * /

  // Prêmios
 add_action ('woocommerce_account_regalos_endpoint', 'gifts_endpoint_content');
 função regalos_endpoint_content () 
     get_template_part ('my-account-gifts');
 

Agora crie um novo arquivo PHP na pasta raiz do tópico ativo, chamado 'minha conta-presentesE adicione o que quer, por exemplo:

<? php

Tenho saudades de 'seus presentes';

E agora você pode adicionar o novo item de menu "PresentesE coloque um ícone legal com CSS:

/ **
* Modificações da minha conta
* /
function my_account_menu_order () 
 $ menuOrder = array (
                'presentes' => __ ('seus presentes', 'woocommerce'),
 'orders' => __ ('Your orders', 'woocommerce'),
 'downloads' => __ ('Seus downloads', 'woocommerce'),
 'edit-address' => __ ('Endereços', 'woocommerce'),
 'edit-account' => __ ('Meus dados', 'woocommerce'),
 'customer-logout' => __ ('Sair', 'woocommerce'),
'dashboard' => __ ('Start', 'woocommerce'),
 );
 return $ menuOrder;
 
 add_filter ('woocommerce_account_menu_items', 'minha_conta_menu_ordem');

.woocommerce-MyAccount-navegação ul li.woocommerce-MyAccount-navegação-link - presentes para: antes 
conteúdo: ' f005';

E olha que fofo de novo elemento:

Chulo, né?

Como unificar o conteúdo de várias guias

Esse truque que eu pessoalmente adoro fazer pelos meus clientes.

E é que quando você adiciona plugins para o WooCommerce, eles geralmente adicionam itens (abas) ao menu, o menu é muito longo, e é então uma solução muito elegante para unificar o conteúdo de várias guias em um único.

Um muito lógico e prático é mover a mudança de endereço para o "Detalhes da conta", Mas você pode aplicar esse truque a qualquer elemento, existente ou novo, dependendo de suas necessidades e criatividade.

O exemplo que mencionei seria isto:

/ * Unificando o conteúdo das guias * /
// Primeiro, ocultamos a guia para mover (edit-address neste exemplo)
 
add_filter ('woocommerce_account_menu_items', 'ayudawp_mover_direcciones', 999);
  
função ayudawp_mover_direcciones ($ items) 
unset (itens $['edit-address']);
devolver $ itens;

 
// Então mostramos o conteúdo dos endereços em outra aba (edit-account neste exemplo)
 
add_action ('woocommerce_account_edit-account_endpoint', 'woocommerce_account_edit_address');

No truque, primeiro usamos o código que aprendemos antes para ocultar as guias e, em seguida, criamos a ação que adiciona o conteúdo dos endereços à variável "Detalhes da conta".

O resultado seria assim …

O que é muito bom?

Como personalizar o conteúdo das guias

Às vezes nós queremos entrar alterar o conteúdo padrão de qualquer uma das guias no menu da página "Minha conta"

Se este for o caso, temos que siga as diretrizes de criação de modelos do WooCommerce, mais do que qualquer coisa para não modificar os arquivos existentes, de modo a não perder as alterações nas atualizações.

O procedimento, no entanto, é simples.

  1. Crie uma pasta chamada 'woocommerce'No diretório raiz do tema ativo.
  2. Copie nessa pasta o arquivo que você deseja personalizar.
  3. Edite o arquivo e mude para o seu gosto.

Isso é útil para essas personalizações e para modificar modelos de email, portanto, com este procedimento simples abre um mundo de possibilidades de personalização do WooCommerce.

Com relação ao que estamos vendo hoje, vamos procurar, por exemplo, o conteúdo da guiaEscrivaninha', Que em breve navegamos através da estrutura de pastas atual do plugin, veremos que está em'/myaccount/dashboard.php'

Por isso, copiaremos a mesma rota em nossa pasta "woocommerce" que criamos, assim:

/name-of-my-tema/woocommerce/myaccount/dashboard.php

Depois de ter isso, você pode abrir o arquivo 'dashboard.php'Do seu modelo para modificar / adicionar / remover o que for.



<? php / * tradutores: 1: nome de exibição do usuário 2: logout url * / printf ( __ ('Olá% 1 $ s (não% 1 $ s? Sair), 'woocommerce'), '' esc_html ($ current_user-> display_name). '', esc_url (wc_logout_url (wc_get_page_permalink ('myaccount'))) ); ?>

<? php printf ( __ ('No painel da sua conta, você pode ver seu encomendas recentes, gerencie seu endereços de envio e cobrançae edite sua senha e detalhes da conta'woocommerce'), esc_url (wc_get_endpoint_url ('orders')), esc_url (wc_get_endpoint_url ('edit-address')), esc_url (wc_get_endpoint_url ('edit-account')) ); ?>

<? php / ** * Painel da minha conta. * * @sem 2.6.0 * / do_action ('woocommerce_account_dashboard'); / ** * Reprovada a ação woocommerce_before_my_account. * * @despreciado 2.6.0 * / do_action ('woocommerce_before_my_account'); / ** * Reprovada a ação woocommerce_after_my_account. * * @despreciado 2.6.0 * / do_action ('woocommerce_after_my_account'); / * Omita o fechamento da tag PHP no final dos arquivos PHP para evitar problemas de "cabeçalhos já enviados". * /

Somente me dê um pequeno caso e comece a personalizar a partir da linha que indico no código. A partir daí o limite é sua imaginação e seu conhecimento de programação.

Você pode repetir esse processo com qualquer outro modelo que desejar personalizar do plug-in, respeitando as rotas e o procedimento descrito acima.

Basta verificar cada atualização do WooCommerce se algo mudou nesse processo ou no caminho dos arquivos, o que às vezes acontece.

Como personalizar o conteúdo fora das guias

É aqui que somos criativos e também isto é para todos os públicos.

Você se lembra que no começo deste artigo eu lhe disse que a página "Minha conta"É uma página normal com um shortcode?

Bem, é aí que está a graça, porque Tudo ou o que vimos até agora é o que será mostrado, por assim dizer, dentro do shortcode, mas e quanto ao exterior?

Bem, ai você pode colocar o que quiser, você só precisa editar a páginae, exceto para remover o shortcode Você pode modificá-lo como quiser.

Não importa se você adicionar imagens, texto, antes ou depois do shortcode, ou até mesmo os modelos com o seu construtor favorito, contanto que você mantenha o shortcode intacta em algum lugar permanecerá a página de "Minha conta" mas com tudo o que você deseja adicionar.

Também você pode adicionar mais códigos de acesso, e há muitos, por exemplo, para mostrar os itens da loja em oferta, ou o que você pode pensar, o limite aqui é você, e que não há uma página churro de "Minha conta" claro.

Resumindo

Como você viu a página "Minha conta"De uma loja online feita com WooCommerce é totalmente personalizável.

Você pode modificar todos e cada um dos elementos existentes, adicionar novos, removê-los e até mesmo layout da página.

A única coisa que você deve lembrar em todos os momentos é que O objetivo desta página é o seu cliente, é o seu espaço pessoal, e que você deve usá-lo para torná-lo útil e, se for o caso, encorajá-lo a comprar outra coisa, mas sem passar por isso, pois você já tem o resto da loja online, e você estratégia de funil de vendas.

A entrada Como personalizar a página "Minha Conta" do WooCommerce foi publicada pela primeira vez por Fernando Tellado na Ajuda do WordPress. Não copie conteúdo, não diga nada de bom sobre você para seus leitores.

Posts interessantes:

https://proverasfestas.com.br/como-gerar-leads-e-fazer-vendas-com-o-alcance-de-ninja/

20 idéias bem sucedidas de negócios em casa na Índia

https://weeventos.com.br/nuvem-downloader-codigo-bude-net/

Como Steve Jobs teve sucesso falhando primeiro

https://clipstudio.com.br/9-dicas-para-evitar-um-facebook-conta-de-proibicao/

https://teleingressos.com.br/3-maneiras-baratas-ou-gratuitas-de-se-pesquisar-para-infeccoes-sexualmente-transmissiveis/

https://testmygeekstuff.com/7-dicas-para-o-dominio-certo-e-o-que-voce-deve-considerar-ao-comprar-um-dominio/

https://coniferinc.com/estrategias-de-marketing-de-internet-rentaveis/

Como aprender fotografia a partir de 0

8 conversores do Youtube para MP3, MP4 e AVI | Grátis e online

13 out


8 conversores do Youtube para MP3, MP4 e AVI | Grátis e online

Se você é um daqueles que estão constantemente consumindo vídeos do Youtube e quer baixá-los para assisti-los quando quiser, esteja preparado. Se você também usa esse canal para ouvir música, ofereço a você a possibilidade …

[Sigue leyendo…]8 conversores do Youtube para MP3, MP4 e AVI | Grátis e online

Este artigo é um conteúdo original do Blog da sua Web de Zero

Posts que podem interessar:

https://proverasfestas.com.br/ferramenta-de-palavra-chave-de-bing-como-usar-essa-alternativa-eficiente-de-custos/

Um guia para o curso BBA: disciplinas, plano de estudos, faculdades na Índia e muito mais

https://weeventos.com.br/o-hp-envy-17-j115eg-com-movimento-de-salto-no-teste/

Idéias de negócios na internet: desenvolvendo as melhores para ganhar dinheiro

https://clipstudio.com.br/como-manter-o-foco-na-a-d-d-de-geracao-de/

https://teleingressos.com.br/eu-pensei-que-fossemos-frugais-entao-eu-encontrei-seu-meio-milhao-em-dividas-com-cartao-de-credito/

https://testmygeekstuff.com/nao-ha-mais-dinheiro-para-ganhar-com-videos-a-mudanca-do-youtube-e-minhas-dicas-2/

https://coniferinc.com/5-maneiras-de-os-profissionais-de-marketing-de-afiliados-obter-resultados/

Como preparar um acampamento de fim de semana

As principais habilidades pessoais essenciais que eu encontrei (auto registro)

12 out


Eu colecionei cada Habilidade principal essencial que tenho encontrado nestes últimos três anos. Alguns vêm de minhas experiências pessoais, outros dos mais profissionais. Existem outros habilidades núcleo essencial que vem de Stand Out Programa, Não-conformistas ou o Programa de Excelência para os desempregados. Muitos outros apareceram em aventuras, desafios ou experimentos. E outros foram aprendidos ou ensinados por outras pessoas.

Eu os dividi em quatro grupos de habilidades definitivas essenciais: neste post / recurso eu vou começar com o que eu acho que vai primeiro, a parte de se destacar de dentro.

Registro de habilidades essenciais internas

  • Aceitação radical
  • Ação explosiva (e maciça).
  • Adaptabilidade à mudança de requisitos.
  • Agilidade diante de obstáculos inesperados (dançando com o momento)
  • Amor próprio.
  • A capacidade de iniciar e parar rapidamente.
  • Autenticidade de dentro e coerência entre o que é dito, feito e pensado.
  • Autodisciplina
  • Autoconsciência
  • Autoconhecimento
  • Autocontrole e autocontrole
  • Autoconfiança
  • Falha útil
  • A capacidade de treinar e o desejo de treinar os outros.
  • Mentalidade e atitude imparável.
  • Capacidade exagerada de colaboração.
  • Capacidade para contemplação
  • Compaixão e autopiedade.
  • Competitividade interna
  • Curiosidade incessante.
  • Intensidade Consciente
  • Insistência em cumprir promessas.
  • Predisposição para se maravilhar.
  • Vontade de aprender com críticas.
  • Inteligência emocional e social.
  • Resistência a longo prazo
  • Instinto para diferenciar trabalho importante e insight para realizá-lo.
  • Ética e moral sem ser posta à prova. Só porque é parte do seu credo.
  • Espírito de equipe
  • Excelência como um modo de vida.
  • Perseverança inteligente
  • Capacidade de permanecer não perturbado.
  • Elegância quando ninguém te vê
  • Admirando o planejamento flexível.
  • Honestidade e vigor, consigo mesmo e com o resto.
  • Dignidade antes de decisões complexas.
  • Abordagem radical primeiro.
  • Equilíbrio obsessivo na prática de alto desempenho.
  • Mantenha as conversas que você tenta evitar.
  • Enfrente desafios 10 vezes maiores que você.
  • Paixão pragmática
  • Inclinação excessiva para criar tração dianteira.
  • Resiliência
  • Capacidade de correr riscos onde o resto fugiria.
  • Senso de humor em relação a si mesmo
  • Pensamento estratégico e tático ao mesmo tempo.
  • Capacidade de reinvenção.
  • Gestão de stress, conflito e ansiedade.
  • Estoicismo aplicado a cada dia.
  • Pensamento disruptivo
  • Entregue-se à experiência.
  • Capacidade de constante melhoria pessoal.
  • Tolerância à incerteza
  • Trabalhe paz interior
  • Silêncio inteligente – e imutável.
  • Capacidade de instigar

Imagine o que aconteceria se cada instituição de ensino ou professor desse prioridade absoluta a essa lista de habilidades essenciais essencial

Que outras habilidades você acha que seriam indispensáveis ​​nessa lista?

Atribuição da imagem: Penagate – Flicklr.

IG – Capacitar pessoas, negócios e comunidades. – isragarcia.es // isragarcia.com

A entrada As principais habilidades pessoais essenciais que encontrei (autorregistro) aparecem primeiro em Isra García – blog sobre marketing, transformação digital, produtividade, inovação, estilo de vida, excelência, autenticidade, economia disruptiva, mudança, ruptura pessoal e profissional, incerteza, liderança e comunicação além das mídias sociais, mídia humana ..

Blogs que valem a leitura:

https://proverasfestas.com.br/ferramenta-de-palavra-chave-de-bing-como-usar-essa-alternativa-eficiente-de-custos/

Top 25 trabalhos de entrada de dados do Home Online / Offline: No Investment

https://weeventos.com.br/ajax-jquery-e-como-contornar-a-mesma-politica-de-origem/

Tem Gente Vivendo de Brigadeiro

https://clipstudio.com.br/como-ter-um-casamento-de-sucesso/

https://teleingressos.com.br/8-maneiras-sem-suor-para-economizar-algum-dinheiro-extra-antes-do-inicio-do-verao/

https://testmygeekstuff.com/o-2017-de-lifestyle-to-the-square-este-tem-sido-nosso-ano/

https://coniferinc.com/tres-coisas-para-os-comerciantes-da-filial-para-sobreviver-on-line/

Conheça LanceTalent: plataforma de trabalho entre freelancers e Startups

Presentes são um elo entre as pessoas

10 out


Os dons são um nexo entre as pessoas, indeléveis, de praticamente, nossa própria existência como espécie.

Com os dons que cortejamos, pedimos perdão, mostramos afeto e mostra a concepção que temos do próximo e de nossa própria pessoa.

No mundo dos negócios, funciona da mesma maneira: os presentes de negócios ainda são um elemento importante no marketing.

É simples: vivemos na era dos relacionamentos e nada melhor do que fortalecer ou criar um relacionamento do que com presentes.

Neste artigo, não lhe direi as vantagens de doar, mas como aproveitar esses presentes para o seu negócio e fornecer benefícios tangíveis ou intangíveis.

1. Personalize seus presentes

A personalização de brindes tem dois sentidos: em primeiro lugar, tente que o presente de sua empresa reflita a vocação de sua empresa e / ou a personalidade de seu cliente.

Por exemplo: se a sua empresa é um laboratório clínico e a maioria dos seus clientes é diabética, então você pode dar-lhes uma pulseira com o logotipo global da diabetes, um código QR e os dados do seu laboratório.

Mas a personalização também vai na gravação do seu presente: ele deve conter seu logotipo e dados principais, para levar sua marca para onde seu cliente chegar. A gravação a laser é muito útil para fazer isso sem deixar vestígios ao toque, e não é apagada com o tempo.

2. Associe-se ao luxo

Um presente não deve cobrir uma necessidade básica. Pense em si mesmo: ninguém quer receber meias, um perfume ou roupas de presente, porque podemos comprar isso sozinhos.

Pense em algo que seu cliente quer, mas que não seria comprado tão facilmente, porque esses presentes são o que realmente causam um grande impacto.

A pulseira para o diabético é uma boa idéia, mas você também pode dar uma manga térmica para a insulina, você pode dar tocadores de música, por exemplo, ou algum produto inovador que você encontra no Kickstart.

3. A embalagem é importante

Muitos dizem que a embalagem é quase mais importante do que o item que protege ou embrulha. Se é ruim, o presente é diminuído e seu valor diminuído.

Não dê na mão e sem um protocolo que dê como amostras grátis. Envolva seus presentes, compre caixas ou sacolas que os embelezem.

Quanto mais você adicionar, mais valor você trará para seus clientes ou fornecedores que receberem esse presente.

559da24711cbca8d028bcfc6b6d3f03dEdmundo Pérez Graduado em administração, mexicano e radicado em Cáceres, instrutor de web design em Flash quando todos o utilizavam, fascinado pela difusão da ciência e cultura e aprendiz de marketing de entrada, compartilho o que aprendi com ele em Branketing.

//

A entrada Gifts é um link entre as pessoas que foi publicado pela primeira vez no Bloguismo.

Publicações imperdíveis:

https://proverasfestas.com.br/diretrizes-de-postagem-de-convidados-por-google-stop-procurando-por-backlinks-2/

Top 10 MBA Faculdades na Índia

https://weeventos.com.br/brigadeiro-faz-sucesso/

Trabalho como tradutor a partir de casa pela Internet

https://clipstudio.com.br/nivel-para-cima-w-meus-videos-mais-recentes/

https://teleingressos.com.br/esta-empresa-ajuda-uma-mae-solteira-a-economizar-cerca-de-us-1-000-ano-no-seguro-automovel/

https://testmygeekstuff.com/liquidez-nocoes-basicas-de-auto-emprego-bem-sucedido/

https://coniferinc.com/marketing-bem-sucedido-para-cristaos/

Impostos para freelancers no Panamá

Como remover as opções de tela e a ajuda do WordPress

09 out


Às vezes, para entregar o WordPress com personalizações para os clientes, pode ser interessante Remova certos elementos comuns do WordPress, como guias de ajuda e opções de tela o que há na mesa de administração.

Para removê-los, basta adicionar o seguinte código ao seu plugin de personalização:

// Remover guias de ajuda e opções de tela
add_filter ('contextual_help', 'ayudawp_remove_dashboard_help_tab', 999, 3);
add_filter ('screen_options_show_screen', 'ayudawp_remove_help_tab');
função ayudawp_remove_dashboard_help_tab ($ old_help, $ screen_id, $ screen)
  
     if ('dashboard'! = $ screen-> base)
     return $ old_help;
     $ screen-> remove_help_tabs ();
     return $ old_help;
  
função ayudawp_remove_help_tab ($ visível)
  
     global $ current_screen;
     if ('painel' == $ current_screen-> base)
     retorno falso;
     return $ visible;
  

Você vai passar por isso …

Para este outro …

A entrada Como remover opções de tela e ajuda do WordPress foi publicada pela primeira vez por Fernando Tellado na Ajuda do WordPress. Não copie conteúdo, não diga nada de bom sobre você para seus leitores.

Posts interessantes:

https://proverasfestas.com.br/quais-sao-as-melhores-redes-de-anuncios-nativos-para-sites/

Melhores planos de pensões e planos para uma vida de aposentadoria melhor

https://weeventos.com.br/affiliatetheme-io-tabela-de-produtos-por-tipo-de-resultado-de-teste/

https://draincleaningdenverco.com/como-ser-um-empresario-empreender-um-negocio/

https://clipstudio.com.br/7-passos-para-tomar-depois-de-fazer-500-por-dia-on-line/

https://teleingressos.com.br/veja-como-uma-formula-simples-pode-ajuda-lo-a-ser-um-comprador-de-roupas-mais-inteligente/

https://testmygeekstuff.com/publicidade-principios-basicos-do-trabalho-autonomo-bem-sucedido/

https://coniferinc.com/maquiagem-para-baile-de-debutante/

Como preparar um acampamento de fim de semana

A linha de base e como medir o que importa

06 out


O que você espera alcançar? O que você quer melhorar? O que você quer obter? Não o que você espera medir, não o que você quer medirnão o que você quer medir. Não, na verdade, você precisa criar, construir, desenvolver ou lançar. É por isso que eu medi ou monitorar Torna-se uma armadilha frustrante. Se você tivesse que medir os três parâmetros mais importantes da sua campanha marketingseu estilo de vida ou desempenho profissional… Quais seriam os indicadores que você usaria para medir apenas o que importa? isto é … Qual é a sua linha de base?

Isso é algo que se aplica ao indivíduo que procura o alto rendimento ou para a empresa que busca melhorar seus resultados.

As métricas fáceis, mas inadequadas, irão distraí-lo, como acontece com 90% dos profissionais. Pode ser fácil de calibrar, arbitrário e tangível, mas é esse o propósito do seu trabalho? Eu sei que existem certas métricas padronizadas para alcançar o que você quer, mas mesmo assim, talvez, essa métrica não possa ajudá-lo. Como você mede sua linha de base pessoal? Muitos poderiam falar sobre o foco, a energia, o número de tarefas concluídas, mas tudo o que é enganoso. Não seria mais fácil e mais eficaz medir como você se sente quando acorda e vai dormir? E meça como você dormiu / descansou? Acho que são métricas eficazes para determinar sua linha de base. Você saberia como replicar isso no seu negócio?

Olhe para sua linha de base, ignore o resto

Cliques, visitas, tempo de permanência, percentual de rejeição, seguidores etc. talvez essas métricas tenham sido estabelecidas porque são fáceis, não relevantes. O que poderia ajudá-lo, é se você pode chegar a uma conclusão sobre o objetivo que faz a diferença, o objetivo que realmente importa. Sistemas disruptivos que mudam as coisas sempre implicam em rejeitar medidas, objetivos e crenças comuns. Quando você mede o mesmo de sempre, quando mede o que todo mundo está medindo, você cria e atinge o que todos recebem. Você nem saberá se tem certeza de sua linha de base, o pilar principal que diz se sua empresa está funcionando, se seu produto é aceito, se seu serviço é excelente ou se sua vida melhora ou piora. Existe uma linha de base, mas não há mais de três métricas para defini-lo.

Se você puder encontrar as métricas corretas para a linha de base, você não precisará se perder em métricas, na análise e na medição ou no cruzamento de montanhas de dados. Se você fizer isso, você pode melhorar o que quer que seja.

Meça apenas o essencial. Sentir

Atribuição da imagem: Amara U – Flickr.

IG – Capacitar pessoas, negócios e comunidades. – isragarcia.es // isragarcia.com

A entrada A linha de base e como medir o que importa primeiro aparece em Isra García – blog sobre marketing, transformação digital, produtividade, inovação, estilo de vida, excelência, autenticidade, economia disruptiva, mudança, ruptura pessoal e profissional, incerteza, liderança e comunicação além da mídia social, mídia humana ..

Blogs imperdíveis:

https://proverasfestas.com.br/como-aumentar-o-trafego-organico-em-40-estudo-de-caso-de-ligacao-interna/

Marketing Digital Não é Fácil

https://weeventos.com.br/ler-o-nome-de-host-do-cliente-em-php-codigo-bude-net/

Privacidade | Mundo virtual

https://clipstudio.com.br/obtendo-o-maximo-do-seu-24-horas/

https://teleingressos.com.br/estas-10-novas-tendencias-decor-podem-ajuda-lo-a-vender-sua-casa-para-mais-em-2018/

https://testmygeekstuff.com/entao-voce-constroi-links-da-filial-da-amazon/

https://coniferinc.com/estrategias-de-marketing-na-internet-pesquisa-por-palavras-chave/

Como instalar o Windows 10 em um PC

Qual aplicativo é melhor para o seu negócio, Instagram ou Snapchat?

05 out

Coletivamente, o Instagram e o Snapchat atraem mais de 600 milhões de usuários ativos diariamente. Seus grandes públicos fazem deles as melhores plataformas para promover sua marca. Mas se você trabalha em uma pequena empresa e não pode justificar gastar os recursos em ambos, qual deles você escolhe?

Como as duas plataformas são cada vez mais sobrepostas a recursos e componentes de publicidade, pode ser difícil distinguir os elementos exclusivos que melhor se adequam ao seu negócio.

Se você está em uma encruzilhada e não tem certeza de qual direção tomar, não se preocupe, nós já a cobrimos.

Eu comparei seis categorias principais em ambas as aplicações para ajudá-lo a decidir qual é a mais adequada para comercializar sua empresa. Anote!

Público

Na audiência ganha Instagram quando se trata de números. Com 500 milhões de usuários ativos diariamente, o Instagram tem um público quase três vezes maior que o Snapchat.

No entanto, a quantia não é a única coisa que importa: 45% dos usuários do Snapchat têm entre 18 e 24 anos, que gastam uma média de 40 minutos por dia nesse aplicativo, mais tempo do que gastam no Instagram.

Quase metade dos usuários do Snapchat não estão nem no Instagram. Se você pretende segmentar um jovem demográfico, o Snapchat pode ter um público-alvo ideal para sua empresa.

Filtros

Embora o Instagram tenha tentado criar filtros quase idênticos ao Snapchat nas histórias do Instagram, os filtros do Snapchat são incomparáveis.

O Snapchat é especialmente único quando se trata de filtros de animação: se você usa o filtro do cão, não apenas se parece com um cachorro, mas também se move como um. Se você tirar sua língua, parece a língua de um cachorro.

O Snapchat também oferece efeitos de realidade aumentada, algo atualmente inigualável para o Instagram. Por exemplo, você pode colocar cachorros-quentes dançando em suas fotos e vídeos do mundo real.

Histórias

Em termos de design, não há muitos fatores importantes que separem as histórias do Instagram das histórias do Snapchat.

No entanto, há uma coisa importante a ter em mente: quando você começa a ver a história do Instagram de uma pessoa, você imediatamente passa pela história da outra pessoa sem problemas, a menos que você clique.

Isso cria uma experiência mais viciante e mantém você na função “histórias” por mais tempo.

Imagine você naquela viagem dos sonhos, claro que suas fotos e stories serão muito vistas.

A maioria de seus seguidores no Instagram verá sua história simplesmente porque eles já estavam lá, o que a torna mais ideal do ponto de vista comercial.

Com o Snapchat, os espectadores são perguntados se querem ver a história da próxima pessoa. Seus seguidores têm a opção de clicar para passar sua história sem abri-la, o que é contraproducente para sua empresa.

Publicidade

Inegavelmente, a publicidade do Instagram está crescendo e não parece parar muito em breve. Os anúncios no Instagram também provaram ser um investimento que vale a pena: pelo menos 30% dos usuários do Instagram compraram um produto que viram pela primeira vez no Instagram.

Como o Instagram é frequentemente usado para retratar as versões ideais da vida das pessoas, faz sentido que também seja um bom lugar para evocar esse sentimento invejoso de “Eu tenho que ter isso agora”.

Mas a principal razão pela qual o Instagram vence é porque oferece formas de publicidade muito mais baratas que o Snapchat, com um custo médio por clique de US $ 0,70 e US $ 1.

Existem mais ferramentas de análise gratuitas disponíveis para medir seu sucesso no Instagram. Você também pode exibir anúncios e avaliar seus resultados no gerenciador de anúncios do Facebook, o que é especialmente conveniente se sua empresa também usa o Facebook como plataforma de publicidade.

Âmbito das campanhas patrocinadas

Como mencionei na seção anterior, o Snapchat é mais caro que o Instagram, mas poderia ser um uso melhor do seu dinheiro, dependendo do seu orçamento e do mercado desejado.

Por exemplo, patrocinar uma lente no Snapchat custa mais de US $ 300.000 por dia. No entanto, isso leva a grandes recompensas.

Os anúncios do Snapchat também recebem 1,5 vezes mais atenção visual do que o Instagram, então é um grande vencedor se você tiver orçamento para isso.

Descoberta

Se você está pensando em seguir uma empresa nas redes sociais, você precisa visualizar o seu conteúdo antes de se comprometer a segui-lo. Se o negócio é bom e o conteúdo de qualidade é oferecido nas imagens e histórias, ninguém pode resistir.

O Instagram é uma ferramenta de descoberta melhor, pois oferece à sua empresa uma opção de perfil público, para que os seguidores em potencial possam verificar seu conteúdo, caso ele tenha seguido você ou não.

Por outro lado, o seu perfil do Snapchat só pode ser visto por pessoas que o seguiram. Essa barreira pode impedir que usuários adicionem você ao Snapchat, já que eles não podem visualizar o conteúdo do Snapchat, então eles não sabem o que estão assinando.

Então, qual aplicativo você vai escolher?

Edith GomezEdith Gómez é editora da Gananci, apaixonada pelo marketing digital, especializada em comunicação online. Ele se recusa a ir para a cama todas as noites sem aprender algo novo. Eles se preocupam com ideias de negócios e, mais ainda, trazem uma perspectiva criativa para o pequeno mundo em que vivemos.

A entrada Qual aplicativo é melhor para sua empresa, Instagram ou Snapchat? Foi publicado pela primeira vez no Bloguismo.

Posts interessantes:

https://proverasfestas.com.br/modelo-ruim-como-nao-sabotar-seu-alcance/

Porque a Dieta Detox tem feito tanto sucesso?

https://weeventos.com.br/instrucoes-incorporar-videos-do-youtube-na-apresentacao-do-powerpoint-2010-2/

Ganhar dinheiro por navegar | Por Mundo virtual

https://clipstudio.com.br/redes-de-afiliados-vs-indo-direto/

https://teleingressos.com.br/mantendo-seu-segredo-de-busca-de-emprego-de-seu-parceiro-aqui-esta-o-motivo-para-reconsiderar/

https://testmygeekstuff.com/crie-um-pager-do-planejamento-atraves-da-tecnologia-ate-a-pagina-concluida/

https://coniferinc.com/ideias-de-marketing-para-a-empresa-brincalhao/

Como flertar on-line sem morrer na tentativa

Como otimizar o WordPress para pagar menos hospedagem

05 out


Seu site já caiu devido ao consumo excessivo de largura de banda, memória, recursos da CPU? Seu site está indo devagar e você não sabe o motivo? Você recebeu um convite gentil da sua empresa de hospedagem para expandir seu plano de hospedagem?

Se você se sentir aludido em alguma dessas perguntas este artigo é para você.

O que consome recursos da minha hospedagem?

Normalmente pensamos que o único parâmetro de medida de consumo de recursos da nossa web são as visitas, e empresas de hospedagem são parcialmente culpadas nisso, eles distinguem seus planos de contratação para esse parâmetro, mas não é assim.

Você pode ter poucas visitas e muito consumo de recursos e, no lado oposto, tem muito tráfego e economiza recursos de servidor.

Assim, existem sites com poucas visitas que precisam contratar planos de hospedagem caros, ao mesmo tempo em que Sites de alto tráfego que funcionam muito bem mesmo com planos de hospedagem compartilhada de baixo custo.

Em consequência, tudo depende do uso efetivo que você faz dos recursos disponíveisE aplique medidas conhecidas como WPO, abreviação de otimização de desempenho da Web, que não apenas tem a ver com a rapidez com que seu site é carregado, mas com as quantias chorudas que você pode economizar em hospedagem se você fizer uso efetivo de seus recursos.

Como sei o que a CPU, a memória, etc. consomem? no meu site?

Boa pergunta, é algo que os plugins do Google Analytics e estatísticas não oferecem.

Para conhecer o consumo de CPU e outros recursos da sua hospedagem, nada melhor que uma ferramenta que está quase sempre disponível nos painéis de todas as empresas de hospedagem: AWStats.

É uma ferramenta estatística completa para o seu site, na verdade a mais completa. O Google Analytics é mais para analisar segmentos e usos do seu site por tipo de visitantes, mas Se você quiser estatísticas reais de tráfego do seu site, use o AWStats.

Lá você verá que há um indicador de tráfego (bandwith se você tiver em inglês) que identifica em detalhes o que é mais consumido em seu site.



O consumo de espaço em disco poderá observá-lo normalmente em algum indicador do painel de sua hospedagem.

Como gastar menos em hospedagem

Eu já publiquei muitos artigos sobre WPO destinados a obter tempos de carregamento ultra-rápidos, então hoje vamos nos concentrar nas medidas da WPO que ajudarão você a não ter que mudar para um plano de hospedagem maior e mais caro, e até mesmo – quem sabe – passar para um plano mais baixo e começar a economizar dinheiro.

Uma empresa de hospedagem, afinal, está alugando espaço em seus servidores, os benefícios que ela tem em termos de espaço em disco, memória, CPU, largura de banda, etc. e nível de serviço.

Se olharmos para o desempenho do equipamento, há uma relação direta entre capacidade e preço. Mais disco, memória, CPU, largura de banda mais custo.

Portanto, a estratégia da WPO deve ter como objetivo economizar recursos nesses benefícios.

Como economizar espaço em disco

Como qualquer sistema de computador, um dos elementos que influenciam o desempenho do seu aplicativo é o espaço em disco.

É mais comum do que você imagina ver sites lentos e aparentemente otimizados, nos quais o único problema não resolvido é que eles praticamente esgotaram o espaço em disco.

Então, antes de pagar por uma atualização de disco rígido, podemos rever alguns estratégias para economizar espaço.

Exclua tudo o que você não precisa

Você realmente tem que ter uma cópia do diretório de plugins e temas do WordPress? Você sofre de angústia pela separação ou algo assim?

Sério, exclua todos os plug-ins ou temas que você não usa. Se você quiser usá-los novamente, reinstale-os do zero.

Não se preocupe com as configurações, eles os mantêm no banco de dados, então da próxima vez que você instalar e ativar, por exemplo, o All in One SEO Pack, você não terá que inserir novamente suas configurações preferidas.

Com os temas é o mesmo. Você só tem que ter o tema ativo em sua hospedagem, o tema filho se você usá-lo, e qualquer um dos temas padrão do WordPress, apenas um, caso o seu tema ativo falhe um dia, para que o WordPress automaticamente exiba seu conteúdo com o tema por padrão, uma proteção que o WordPress faz e que nem todo mundo conhece.

O resto é suficiente.

Excluir arquivos temporários e de cache antigos

Se o tema, ou os plugins, tiverem adicionado pastas ou arquivos e você não precisar mais deles para desinstalá-los, basta apagar tudo que não está mais em uso.

Se o seu plugin de cache mantém todo o histórico do cache desde o século passado, você realmente precisa dele? Exclua qualquer pasta histórica de cache que você encontrar e, antes que a dúvida limpe o cache inteiro, seu plug-in de cache criará a versão mais atual necessária.

Assista os inodes

Como a grande maioria dos servidores da Web usa alguma versão do Linux, eles têm uma limitação daqueles conhecidos como inodes, que são a quantidade de unidades de arquivo que pode conter um sistema, não importa seu tamanho.

Devido a isso, você pode ter seu site travado, não porque você ocupou 10 Gb de espaço em disco, mas porque você excedeu o número de inodes que seu plano de hospedagem suporta.

Então cuidado, não os grandes arquivos – isso também – mas aqueles milhares de pequenos arquivos daquelas cópias de teias antigas que você guarda em sua acomodação para o seu Web da Síndrome de Diógenes, o que obriga você a salvar todas e cada uma das versões que você já teve do seu site.

Se você quiser continuar mantendo essa doença, faça no seu disco rígido local, que o preço / giga muito mais barato do que em um plano de hospedagem. Faça o download de seus sites históricos e exclua a cópia hospedada no servidor.

E é apenas um exemplo. Monitore pastas com muitos arquivos, ainda que pequenos, especialmente se forem pequenos e muitos.

Otimizar imagens antes de fazer o upload

Você realmente precisa carregar o RAW da foto dessa linda paisagem?

Quando oferecemos imagens em nosso website, ilustramos o conteúdo ou como elementos de design, e também não exigem alta qualidade de definição.

Lembra que a maior parte do tráfego é atualmente móvel, onde imagens de enorme peso também não farão sentido, o que, além disso, tornaria a experiência de navegação terrivelmente lenta.

Assim que, antes de enviar imagens

  • Se o tema ou os plug-ins já criarem os tamanhos adicionais, eles precisarão exibir miniaturas e outros tamanhos de suas imagens, redefinir as configurações de mídia do WordPress para nenhum tamanho adicional que não será usado e ocupará apenas espaço em disco.
  • Reduza suas dimensões ao máximo que será "bom" nas resoluções de dispositivos usadas por seus visitantes, informações que você pode obter no Google Analytics.
  • Reduza o peso das imagens usando formatos de compactação como JPG, relegando formatos descompactados a imagens que exigem planos de fundo transparentes e pouco mais.
  • Reutilizar imagens Se você já tem uma imagem enviada que dá a você uma miniatura de um artigo, por que fazer o upload de outra imagem semelhante? Você vai ver que eu faço muito isso no blog. By the way, ajuda os usuários a identificar o que os itens estão acontecendo, criando um tipo de "série", facilmente detectável pela miniatura. O mesmo para cabeçalhos ou imagens para ilustrar um conteúdo, é claro.

E não, eu não recomendo usar plugins para otimizar imagens, pois o que você economiza de espaço em disco é consumido com muita memória, CPU, largura de banda do servidor, sobre o que falaremos a seguir.

Como economizar CPU e RAM

Quanto à CPU da RAM do seu servidor, temos que nos concentrar naqueles processos dinâmicos que exigem alta capacidade de processamento desses recursos.

Sim, estamos falando sobre a programação, o banco de dados, ou seja, o WordPress, o tema, os plugins e seu código, da web como a conhecemos.

Cache tudo

A melhor estratégia para não consumir recursos dinâmicos é transformar tudo que você puder em estático. Então use objeto, processo, cache de memória, persistente, para oferecer versões estáticas de todas as solicitações, consultas e solicitações comuns de programação.

Desta forma, as consultas mais comuns ao banco de dados, as solicitações de metadados que o WordPress faz, serão servidas a partir de sua cópia estática, reduzindo o consumo de recursos dinâmicos da sua hospedagem, muito mais caro pelo caminho.

A única desvantagem do cache é que enquanto você economiza em recursos dinâmicos consome mais espaço em disco, então você deve analisar qual é a sua falta principal, embora meu conselho seja priorizar o cache, porque a derivada é que você oferecerá páginas mais rápidas aos seus visitantes, e afinal, você quer um site que todos não gostem?

Use um CDN

Se possível, use um CDN, como Amazon ou CloudFlare, para distribuir remotamente seu conteúdo estático e imagens de seus servidores, liberando assim solicitações de seu próprio servidor.

Minimize todo o seu código

Se você reduzir, digamos, para 40 ou 50% do peso de cada página Para qual sua web como um todo será servida mais rapidamente, e consumirá menos recursos por parte do mecanismo PHP, por exemplo?

Além disso, com plugins como Autoptimize É uma questão de fazer 3 cliques. Elimine linhas vazias, tabuladas, espaços, tudo o que resta no HTML, CSS e JavaScript que entregamos ao navegador do visitante.

Software atualizado

As versões atualizadas do WordPress, plugins, temas, PHP, MySQL e outras aplicações necessárias para o seu site funcionar normalmente são mais otimizadas do que as antigas, às vezes com uma enorme diferença.

Assim que Atualize, atualize, atualize!

Depurar o banco de dados

O banco de dados WordPress está aumentando de tamanho, preenchendo com restos de processos que fazem com que sua hospedagem consuma cada vez mais recursos para qualquer processo de solicitação, leitura e envio de dados.

Você pode depurar resíduos simplesmente usando o utilitário incluído no WordPress ou o mesmo PHPMyAdmin, ou com plugins com Limpador avançado de banco de dados, que também ajudará você a esvaziar dados transitórios pesados ​​e temporários transientes.

Limpar o banco de dados

Além de Depurar resíduos, no banco de dados do WordPress, você encontrará tabelas, linhas e elementos que você não precisa mais, geralmente de plugins e temas que você não usa mais.

Se você encontrar uma tabela adicionada por um tema ou plug-in que você não usa mais, exclua-a. Mas cuidado com isso, faça isso sozinho, se tiver 100% de certeza, caso contrário, você poderá carregar a web em um milissegundo.

Lembre-se de fazer uma cópia do banco de dados antes de fazer qualquer alteração, limpeza ou exclusão, a fim de recuperar a web em caso de desastre.

Limpar a tabela de opções

Menção especial merece a mesa opções do banco de dados WordPress, quase sempre cheio de restos de todos os tipos de configurações de plug-in e temas antigos, que você não usa mais, de dados transitórios (transientes) e outro lixo que acumulamos em nosso vórtice para experimentar cada novo tema ou plugin disponível.

Se adicionarmos que não é padronizado que plugins e temas esvaziem suas "coisas" do banco de dados ao desinstalá-los, você sempre encontrará uma tabela opções de milhares de linhas que você não precisa mais.

O problema é que não é fácil quase nunca saber o que você pode deletar e o que não, porque nem sempre as linhas dessa tabela que te deixam plugins tem um nome que permite identificar o que elas pertencem, ou pertenciam.

Sim, é verdade que você encontrará, com sorte, linhas do tipo "nameplugin_opcion-del-mismo"Mas nem sempre é assim.

Novamente, é melhor trabalhar com uma rede, tendo um backup recente antes de ir para o aspirador de pó.

Em qualquer caso, você tem que tentar, porque não há parte do banco de dados que gera mais consultas, tráfego e consumo do que as linhas da tabela opções.

Autocarregamento apenas conforme necessário

Todas as linhas da mesa opções do WordPress tem uma coluna chamada Carregamento Automático, que define se o mesmo será carregado em cada execução do WordPress.

Todas essas opções em carregamento automático e permanente você terá que ver como pequenos aplicativos consumindo recursos sempre, em todos os momentos, por isso é uma boa idéia para alterar o status de "sim"A"não"Aqueles que realmente não precisam ser ativados sempre.

Aqui voltamos ao terreno incógnito, porque são tantos, são tão pouco descritivos, que fica difícil adivinhar o que você está desativando ou não.

No entanto, o risco de fazer essa alteração é mínimo, porque se você perceber que algo para de funcionar com um plug-in ou qualquer outro, você sempre poderá alterar Carregamento Automático um sim.

Evite usar plugins que consumam muitos recursos

Fácil, certo?

Mas quais são? Como faço para detectá-los?

Muitos você pode adivinhar um pouco que você pensa um pouco sobre o que este plugin faz? mas acima de tudo, como faz isso?

Um exemplo muito claro são os plugins de entradas relacionadas:

  • O que faz: mostra as entradas relacionadas àquela que o visitante está visualizando
  • Como funciona?: "Leia" a entrada atual e pesquise no banco de dados possíveis entradas relacionadas usando o título / tag / categoria / etc.
  • Como, como você faz: Você fez uma análise prévia e sempre mostra o mesmo para todos os visitantes ou faz todo o processo em tempo real em cada visita a cada conteúdo?

Você verá que, logicamente, o consumo de recursos pode variar, mas sempre será extenso. No exemplo desse tipo de plug-in, sempre tente usar aqueles que fazem a análise anterior em vez de em tempo real.

Outros exemplos de plugins que consomem muitos recursos do servidor, e para quem deve procurar o mais otimizado, seria:

  • Estatísticas
  • Segurança
  • SEO
  • Cache (sim, regenerar ou atualizar caches consome recursos)
  • Visual Makers
  • Testadores de links

Desativar plug-ins inativos ou utilitários

Existem plugins que podemos querer ter sempre instalados para tarefas de manutenção ou revisão, mas não é necessário que estejam sempre ativos.

Quero dizer, testadores de links como Verificador de Link Quebrado, otimização de banco de dados como Advanced DB Cleaner, etc., que embora facilitem tarefas, nem sempre precisam estar ativas, mas podemos ativá-las, executar o que quiserem e, quando terminarem, desativá-las.

O mesmo para utilitários que são desnecessários para ter plugins ativos ou o tema. Falo de coisas como módulos que você não usa do Jetpack, ajustes que você não usa do tópico ativo, esse tipo de coisa.

Não envie e-mails usando PHP

Por padrão, todos os emails que o WordPress envia fazem isso usando Correio do PHP (), um consumo de recursos que você pode salvar enviando-os pelo SMTP, melhor se for externo.

Para isso existem plugins como o WP Mail SMTP que facilitam isso.

Controlar os rastreadores

Constantemente existem rastreadores verificando seu site, mas nem todos são bons, nem todos fazem isso para enviar-lhe tráfego, e também alguma faixa muito ineficiente para você, com muito tráfego a cada pouco tempo.

Uma maneira de controlar com que frequência eles podem rastreá-lo é aplicar uma regra de atraso para o arquivo robots.txteste aqui:

Atraso de rastreamento: 30

No exemplo anterior, exigimos que você não repita um rastreamento por 30 segundos.

A melhor coisa sobre esse método é que o Google ignora essa regra. A má notícia é que o Google não apenas ignora essa regra.

Para esses outros insistente rastreadores podemos usar as regras de controle de plugins de plugins como WordFence e outros.

Bloqueia tentativas de acesso excessivo

Uma medida de segurança para o WordPress que também evita um consumo muito alto dos recursos do seu servidor está bloqueando todas as tentativas de acesso massivo à sua administração.

Plugins como o iThemes Security oferecem configurações para bloquear acesso massivo.

Administração sempre ativa

Se você estiver navegando e deixar a administração do WordPress ativa em outra guia, estará consumindo recursos desnecessariamente.

Além disso, não há várias janelas de administração abertas, várias visualizações de entrada etc.

Tudo isso consome muita RAM e CPU do seu servidor.

Controlar o cron do WordPress

O cron do WordPress executar processos agendados, do mesmo WordPress e plugins e tema, e nem todas essas tarefas são necessárias, e quase nunca são necessárias com a frequência padrão do WordPress.

Ele é usado pelo WordPress para publicar artigos programados, é usado por plugins de backup para suas tarefas agendadas, WooCommerce para cancelar pedidos não pagos e muitos outros.

Uma maneira de controlá-lo é mude sua programação, por exemplo, forçando-o a ser executado apenas uma vez por dia, em vez de a cada hora, o que resultará em menos consumo de CPU do servidor.

Você pode ver as tarefas agendadas no cron do WordPress usando os comandos do WP-CLI:

lista de eventos do cron wp

Ou você pode usar plugins como WP Crontrol para otimizar e personalizar sua execução ou até mesmo excluir tarefas do cron.

Se você quiser ir mais longe, você pode desativar o cron do WordPress e criar um cron do Linux no seu servidor. A primeira coisa é desabilitar o cron do WordPress adicionando esta linha ao arquivo wp-config.php:

define ('DISABLE_WP_CRON', true);

Quando você salvar você terá liberado todas as tarefas do cron, e o consumo de recursos da sua hospedagem terá atingido mínimos, você nunca terá mais otimizado e consumindo menos CPU e RAM.

Agora, algo pode não funcionar (seguro) para que você possa criar um cron em sua hospedagem, geralmente no cPanel, onde você pode especificar quanto tempo ele será executado.

Este seria um exemplo de um cron job criado no cPanel que será executado a cada meia hora:

O comando para entrar no cron atual para iniciar o cron do WordPress seria assim:

wget -q -O - http://seudominio.com/wp-cron.php?doing_wp_cron> / dev / null 2> & 1

Todas essas tarefas cron do WordPress são armazenadas em uma linha da tabela opções do banco de dados WordPress, com Carregamento Automático em "sim"Que, curiosamente, também é chamado cron.

Reduza a carga de admin-ajax.php

Se você já analisou a velocidade do seu site em ferramentas como Ferramentas de Pingdom você deve ter notado que existe um arquivo WordPress, admin-ajax.php, que aparece muitas vezes na lista de processos, e às vezes retarda a carga total do mesmo.

Isso ocorre porque é o arquivo que, entre outras coisas, gerencia o famoso utilitário WordPress chamado HeartBeat, além do uso extensivo que também pode vir a fazer admin-ajax.php alguns plugins.

Como os processos de admin-ajax.php eles não podem ser armazenados em cache, eles também causam um consumo enorme de RAM e CPU do seu alojamento.

Isso é porque admin-ajax.php Ele cuida de servir conteúdo para o navegador sem ter que recarregar a página, é por isso que os plugins de redes sociais, designers de layout, e-commerce e muitos outros adoram usar este utilitário WordPress.

E a maneira de reduzir essa carga é controlando a quantidade e a frequência de solicitações para admin-ajax.php ajustando a API HeartBeat, como vimos não faz muito tempo.

Carregue apenas o que for necessário

Para finalizar, você provavelmente saberá que o WordPress carrega muitos elementos padrão que nem sempre são necessários; na verdade, alguns quase nunca são necessários.

Para evitar o carregamento de todas as funcionalidades que o WordPress carrega que contribuem pouco ou nada para o seu site, você pode instalar e ativar (não há nada para configurar) meu plugin WordPress WPO Tweaks que, entre outras otimizações, faz o seguinte:

  • Remover os Dashicons da barra de administração (somente para usuários não conectados)
  • Remover estilos e scripts Emoji
  • Desativar a API REST (desativação completa)
  • Controlar o intervalo da API Heartbeat
  • Remover cadeias de solicitações de recursos estáticos
  • Atrasos JavaScript loading
  • Remover correntes de pedidos do Gravatar
  • Remova o link Really Simple Discovery do cabeçalho
  • Remova o wlwmanifest.xml (Windows Live Writer) do cabeçalho
  • Remova o URL do link curto do cabeçalho
  • Remova o gerador de versão do WordPress do cabeçalho
  • Elimine o pré-carregamento de DNS de s.w.org
  • Remover jquery_migrate
  • Remova links desnecessários do cabeçalho
  • Remova o nome do gerador dos feeds RSS
  • Remova o filtro Capital P Dangit
  • Desativar visualização de miniaturas de PDF
  • Desativar os próprios pingbacks

Mais poupanças

Além de tudo o que vimos neste artigo Existem muitas outras otimizações que podem ajudá-lo Além de acelerar o carregamento do seu site, salve recursos do seu servidor para gastar menos em hospedagem.

Aqui estão algumas boas ideias e truques para otimizar o WordPress:

  • Como evitar o alto consumo de CPU do Disqus
  • Como otimizar e acelerar uma web feita com Avada … sem plugins ou códigos
  • Como remover o Google Fonts do Divi, Genesis e mais tópicos
  • Como otimizar a velocidade e os tempos de carregamento do Divi sem plugins
  • O que é isso do tempo para o primeiro byte?
  • Os melhores truques para acelerar o WordPress
  • Como acelerar o carregamento de sua loja on-line WooCommerce

Se você conhece mais truques para gastar menos em hospedagem Estamos ansiosos para vê-lo nos comentários 🙂

A entrada Como otimizar o WordPress para pagar menos hospedagem foi publicada pela primeira vez por Fernando Tellado na Ajuda do WordPress. Não copie conteúdo, não diga nada de bom sobre você para seus leitores.

Textos que devem ser visitados também:

https://proverasfestas.com.br/como-aumentar-o-trafego-organico-em-40-estudo-de-caso-de-ligacao-interna/

55 formas de economizar dinheiro na Índia – simples, mas eficazes

https://weeventos.com.br/inteligencia-artificial-ai-em-web-design/

Ganhar mais dinheiro na internet com estas oito dicas

https://clipstudio.com.br/criar-mais-rentaveis-angulos-w-1-este-estranho-truque/

https://teleingressos.com.br/aqui-esta-o-quanto-os-clientes-do-bank-of-america-vao-pagar-por-ter-um-baixo-saldo/

https://testmygeekstuff.com/o-grande-engano-dos-fornecedores-tecnologicos-360o-como-a-hotmart-esta-se-beneficiando-do-seu-conteudo-e-clientes-sem-que-voce-perceba/

https://coniferinc.com/mix-de-marketing/

Começa em 2018 com esses cursos de design, marketing e desenvolvimento web para freelancers